Loading...
Paper

Written Paper

Avaliação dos impactos ambientais na Lagoa do Araçá, Recife, Pernambuco, Brasil  [2018]

Melo, José Gustavo Da Silva Silva, Elisabeth Regina Alves Cavalcanti Assis, Daniella Roberta Silva de

Access the full text

Esta pesquisa teve como objetivo identificar, quantificar e qualificar os impactos ambientais antrópicos, decorrente dos processos de urbanização em torno da Lagoa do Aracá, Recife, Pernambuco. Os impactos foram investigados, sendo dividida em três setores (SI, SII e SIII) por meio de checklist, que contém uma lista de indicadores ambientais e antrópicos, esses indicadores com os pesos e efeitos do impacto, fornecendo como resultado um valor negativo da classe de impacto. Além da análise dos processos de urbanização que causaram impactos ambientais, com a avaliação das condições do ecossistema manguezal. A Lagoa do Araçá tem sido submetida a várias ações antropogênicas, que têm provocado alterações degradantes, porém, com efeito pequeno (Setores I: -49 e III: -78) e moderado (Setor II: -106) em sua fisiografia. Consequentemente, a causa de várias intervenções impactantes, com pouco planejamento, provocou modificações impactantes que variaram de pequeno a moderado. Todavia, a ação dos impactos antrópicos induzidos pelo homem, somado aos tensores naturais que atuam sobre o ecossistema manguezal, limitam o desenvolvimento do bosque de mangue. Diante disso, as ações antrópicas, decorrentes da urbanização, avançam sobre o meio natural, exigindo medidas preventivas e emergenciais para a conservação da Lagoa do Araçá.

From the journal

Acta Brasiliensis

ISSN : 2526-4338